terça-feira, 29 de novembro de 2011

Ela.

Comecemos pelo cheiro. Adocicado, dependendo do horário do dia, meio azedinho, "coalhado". Ainda assim, o cheiro. Viciante de tantas maneiras! Aí temos a pele. Macia, sensível, toda trabalhada nos mil origamis espalhados pelo corpinho. Os olhos! Azuis escuros, ainda um pouco acinzentados, mas sempre atentos e curiosos (quando não fechados, pois se há uma criatura que dorme nessa vida, é ela...).
Essa é minha pequena Lara.
Depois de um pé que me paralisou, de uma mudança que me estressou, de uma lista de gastos que me enervou, acordei dia 17 de outubro em plena madrugada com água saindo de dentro de mim. Estava pronta para nascer, essa minha menininha. Banho longo, arrumações finais e muita calma, fomos para a maternidade. Contrações, mais líquido, mas de novo meu colo do útero mega possessivo impediu a natureza de agir e tivemos que dar uma força cirúrgica para trazê-la pra fora. Outra cesárea.
E nasceu, linda, berrando muito, gorduchinha e muito doce. E esses foram meus últimos 42 dias, intensos, muito ocupados, um tanto doloridos mas em ótima companhia.
Meu computador insiste em não funcionar, insisto em levá-lo para a assistência técnica (valeu Positivo, nunca mais compro nada de vocês!). Uma hora essa situação se resolve, mas enquanto estiver na garantia, exigirei meus direitos. Pena, pois nesse momento gostaria de baixar fotos dela, interagir mais com as pessoas, trocar e-mails frequentes com as amigas. Por outro lado, já tenho uma casa pra dar conta, um filhote de 3 anos para administrar e muitas coisas para aprender com minha pequena delícia, talvez com um computador sempre perto a dedicação não fosse tanta ;o)
É isso. Morro de saudades de vir aqui ler e postar, mas nesse momento, a vida real me chama aos berros.
Desculpa aí, tenho que ir. Ou ela não pára mais de gritar.
Volto. Ah, se volto!!

3 comentários:

Leleca disse...

eu só tou comentando aqui porque a minha docinha tá dormindo. que delícia e que cansaço. aproveite aí que a gente espera. :)

(meu computador também morreu depois que alice nasceu. ciúme ou o universo conspirando?)

harumi disse...

ah, que delícia saber de notícias pelo seu blog! estava com saudades, viu? mas isso não é cobrança, tudo a seu tempo. e no da Lara. e sem esquecer do Theo, que deve estar feliz e ciumento. enfim, beijocas noceis tudo aí! =D

Keila Bárbara. disse...

A Uli, meu filhote ta grande, nem planos de ter outro e até tenho medo de deixar o tempo passar e eu realmente perder as chances... fazem 5anos que meu bebê tinha tantos cheiros, tantas dobras e eu tinha tão pouco tempo. Eu estou com inveja, e um pouquinho azeda pq a gnte sempre vai ter a sensação de que não falou sobre bebês, que não ohou a criaturinha dormir e não fez nada o bastante,é esse tempo passando rápido demais. Parabéns pelos filhotes, e qdo voltar a ter tempo, escreva mais. Bjo