quinta-feira, 12 de junho de 2008

Dia dos namorados! Pra quem, mesmo???





Olá, minha gente!
Agora esse é meu mlog, meu blog mensal. Hehehe... mas tá complicado mesmo sentar aqui com tempo e inspiração, essa figura calma e ponderada que vemos da mãe grávida é só imagem, mesmo.
Sexto mês de Theo na área. Chuta, sacode, samba, se espreguiça, tudo como se não houvesse um invólucro sentindo cada movimento. Mas tá valendo, sou boazinha com crianças.
Passei um mês bem agitado, viajamos de carro até o interior do Paraná. Loooonga viagem, nunca antes 6 horas me pareceram tão compridas. Aí calor de Dante por lá e na volta, uma sogra na bagagem. Ela fez cirurgia e não tava se cuidando bem, trouxemos pro frio de Curitiba pra ela "cicatrizar" mais tranquila. Mas é sempre um rebuliço na casa e na vida, né? Duas semanas, como vou colocar... "intensas". Aí na última sexta ela voltou pra casa, quis ir até lá cuidar da vida. Tá melhor de saúde, pelo menos.
A "construção" do quarto do pequeno está a toda, mil idéias sendo postas em prática, eu com essa pança enorme me dificultando todos os movimentos, estranho... primeira fase de vida que me lembro de ter que pedir ajuda pra quase tudo que faço. E ainda assim faço umas lambanças de vez em quando, carrego pesos que não devo, abaixo e levanto rapidamente, enfim, a intenção é sossegar, mas veja bem... ou faço certas coisas agora ou só quando esse menino tiver uns 10 anos de idade!
Legal ver tanta gente curtindo essa gravidez comigo, é uma torcida enorme! Amor, tios e tias não faltarão pra esse menino. Amém.
Mas sinto umas faltas. De trocar e-mails com gente querida, de visitar algumas pessoas, de dormir de bruços!; de acordar e escolher ficar na cama, sem fazer absolutamente nada, e sem culpa, porque realmente não há nada de importante a ser feito.
Mas aí acho que eu teria meus 20 anos de novo e não teria a perspectiva de uma família sendo construída.
Por hora é isso, a coluna permitindo, volto antes de um mês!

2 comentários:

Karoline disse...

Espera o oitavo mês, Ermã....daí sim vc vai ver o que é um humaninho se esticando na sua barriga, sem se importar com os órgãos da vizinhança!!

Carola disse...

é, como dizem uns amigos meus... tem o ônus e tem o bônus... né! tbém não dá pra querer tudo né! kkkkkkkkk!!! mas o bichinho acordando, olhando pra tua cara com aquela carinha de "onde estou, quem eu sou?!?" e abrindo um baita sorriso e te dando um abraço bem demorado.... amiga.... é inexplicável a sensação de eternidade que dá. vc vai ver isso já já! ;) bjos!