segunda-feira, 11 de junho de 2007

Pé na Estrada

Fui passear!
Depois de um tempão, viajei pra São Paulo. Casamento, fui com o Cau e alguns amigos bem queridos. Ficamos na casa da Jê e do Paulo, sempre uns amores e hospitaleiros.
Cada vez que vou pra lá gosto mais daquela cidade, mesmo tendo absoluta certeza que não gostaria de morar por lá. O trânsito é realmente dos infernos. Mas pra quem já apedrejou verbalmente a cidade da garoa por décadas, foi realmente uma transformação interior apreciar o que SP tem de bom e belo e admitir isso ao mundo.
Paulistas são solícitos, adoram dar informações precisas, têm serviços de ajuda incríveis e que funcionam! Basta ligar e dizer "estou aqui e quero chegar lá", e te dão de bandeja que caminho fazer, que ônibus ou metrô pegar; tem o Poupatempo, que realmente poupa seu tempo. Não serve para turistas, mas quando semi-morei por lá, foi muito útil, é possível conseguir seus documentos sem tantas burocracias e em tempo recorde; agora tem até a rádio Sul América, da seguradora de mesmo nome, onde os ouvintes fazem as vezes de radialistas e indicam em tempo real, o dia todo, como está o trânsito em toda a cidade! Fantástico e muito útil.
Nos perdemos MUUUUITO, a intenção inicial era chegar na Barra Funda e de repente vimos a placa na nossa frente, "Capão Redondo". Tipo queríamos o Norte e chegamos no Sul, pra quem não conhece. Fora que o Capão Redondo está entre as regiões mais violentas da cidade. Ooops!
Os amigos motoristas fizeram barbeiragens por duas décadas de vida, andando na contra-mão quando perdíamos entradas importantes, fazendo conversões proibidas e mega perigosas, mas tudo é festa quando se está entre pessoas que se gostam.
A culinária da Jê é "luxo", "phina", como ela diz. Mãozinhas abençoadas, aquelas. O clima estava bom, hoje fez sol o dia todo, domingo, preguiça e bom papo. Estrada vazia, sem um incidente.
Pra que mais?
Bom humor e vontade de viajar de novo.
Agradecida, Universo.

Qual é a Música?


Around The World - Homework - Daft Punk
Vídeo

Um comentário:

Rod disse...

Pois é, e eu aqui me perguntando quando é que vc iria pra Sampa. Tinha me esquecido completamente, apesar de ter uma vaga lembrança do "9". Que bom que aproveitou. Sampa pode ser uma cidade louca, com trânsito estressante, mas isso que vc falou tá mais do que certo. Serviços lá funcionam de verdade. Atendimento de qualidade, educação entre as pessoas, pelo menos nos exemplos que presenciei. Lá rola mais cordialidade...
Enfim, pena não termos nos visto. Tô em BSB.
Beijo grande!